Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Quem é a brasileira que disputa título de Miss Mundo em 2024

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 9 de março de 2024

VV2

Divulgação

A amazonense Letícia Frota, de 20 anos, está na disputa pela coroa do Miss Mundo, neste sábado (9), na Índia. Ela é a primeira candidata do Amazonas a receber o título de Miss Brasil Mundo em 62 edições do concurso e pode se tornar a segunda brasileira coroada na competição internacional depois de 53 anos, quando a médica carioca Lúcia Petterle venceu a disputa em 1971.

Estudante de psicologia, Letícia se engajou em ações sociais durante a seca no estado, em 2023, e já teve até um encontro com o Papa Francisco, em Roma, no Vaticano.

Por ter vencido 62ª Miss Brasil Mundo, em agosto de 2022, Letícia passou a ser embaixadora da luta contra a hanseníase no país, a principal causa social abraçada pelo concurso, em parceria com o Morhan, Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase.

Já na Índia, onde se prepara para a competição internacional, ela disse ao g1 que pretende promover e valorizar a cultura, a identidade e as raízes da Amazônia.

“Carrego no meu coração a responsabilidade de levar a Amazônia para o Mundo. Sempre que tiver oportunidade de promover e valorizar nossa cultura, identidade, valores e raízes o farei da melhor forma possível”, afirmou.

Em sua 71ª edição, o Miss Mundo de 2024 ocorre na cidade de Mumbai, na Índia, e tem 112 misses na disputa. Com esta quantidade de participantes, o concurso se tornou maior que o Miss Universo, cujo recorde foi de 94 candidatas em 2018.

A atual Miss Mundo é a modelo polonesa Karolina Bielawska, eleita em Porto Rico em 16 de março de 2022.

Inspiração para o traje típico

Um dos principais momentos da disputas pelo título de Miss Mundo ocorre quando as candidatas dançam com trajes típicos dos países onde vivem. Para esta etapa, chamada de “Dança das Nações”, a amazonense vai usar um vestido inspirado na cor da Arara-azul e no item “Sinhazinha da Fazenda”, presente no Festival Folclórico de Parintins.

“O traje, confeccionado na cor azul, traz como elemento e referência a arara azul, em alusão à fauna brasileira, e foi criado pelo estilista oficial do Boi Caprichoso, Kaleb Aguiar”, disse a miss.

O azul também é a cor do Boi Caprichoso. Ao g1, o estilista do boi azulado, Kaleb Aguiar, explicou que o figurino foi feito com organza francesa, tecido normalmente usado em peças que precisem de leveza e volume ao mesmo tempo.

“Inspirado em pequenos detalhes na sinhazinha do Caprichoso, Valentina Cid, e na preservação da Amazônia, o vestido foi feito com organza francesa e rendas francesas com penas de rabo de galo”, disse o artista ao g1.

Projeto social na época da seca

Em 2023, quando Amazonas viveu a pior seca dos últimos anos, Letícia Frota e um grupo de amigos se reuniram para levar água potável e alimentos às vítimas da estiagem. À época, mais de 600 mil pessoas foram afetadas pelo fenômeno e todos 62 os municípios do estado ficaram em situação de emergência.

“Acredito que uma das principais características que uma miss deve ter hoje em dia é a vontade de fazer a diferença. Um título de beleza sem ações sociais, sem um esforço para mudar a vida daqueles que mais precisam, sem dar voz aos que precisam, não teria valor algum”, afirmou Letícia.

No dia a dia, Letícia usa figurinos que representam a cultura do Amazonas e que são confeccionados por artistas locais. Na avaliação dela, esta é uma maneira de mostrar a diversidade da cultura do Norte do Brasil.

“É sobre usar espaços e lugares de destaque pra mostrar o orgulho de ser quem somos. O Brasil é rico e diverso e mostrar isso para o mundo é um dos meus papéis como Miss Brasil”, destacou.

*Redação com Diário Arapiraca

Galeria de Imagens