Anadia/AL

14 de junho de 2024

Anadia/AL, 14 de junho de 2024

Rede de Atenção às Violências mobiliza ações de combate ao abuso sexual infantil

Atividades de enfrentamento serão desenvolvidas em todo o estado através das secretarias estaduais.

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 14 de maio de 2024

Alagoas

A reunião ocorreu no salão Aqualtune, no Palácio República dos Palmares - Ascom Gabinete Civil

Marcelo Alves / Agência Alagoas

O Governo de Alagoas discutiu, na tarde desta segunda-feira (13), por meio da Rede de Atenção às Violências (RAV), as ações alusivas à mobilização nacional de combate ao abuso sexual infantil. Durante o encontro, que ocorreu no salão Aqualtune, no Palácio República dos Palmares, foram apresentadas ao Comitê Gestor as atividades das secretarias estaduais junto à sociedade através da campanha “18 de Maio – Do sertão ao litoral, protegendo nossas crianças e adolescentes do abuso e exploração sexual”.

A gerente operativa da RAV, Thaylise Brito, destacou a importância de mais uma atuação intersetorial do Estado para ampliar a rede de prevenção, acolhimento, combate à violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. “Essa ação conjunta das secretarias tem sido uma exigência do Governo de Alagoas que visa garantir os direitos às vítimas e diminuir os indicadores de todo o tipo de violência, principalmente nesses casos de abuso sexual infantil”, disse.

Além das ações de mobilização e sensibilização social, Thaylise Brito ressaltou que as secretarias estaduais também têm promovido capacitações profissionais, a exemplo da realização de palestras. “As atividades referentes ao 18 de Maio estão sendo desenvolvidas em vários municípios, entre eles Marechal Deodoro, Batalha, Messias, Piaçabuçu, Rio Largo, Paripueira e Maceió”, disse Thaylise, frisando que a campanha já foi lançada no último dia 3.

Ficou definido ainda que no próximo dia 29, o Comitê Gestor da RAV, que é composto por técnicos vinculados ao órgão e membros da sociedade civil, voltarão a se reunir para apresentar e discutir as experiências decorrentes da campanha e fazer o balanço das ações desenvolvidas para ampliar ainda mais a atuação do grupo junto às populações mais vulneráveis às violências.

Redação com Agência Alagoas

Galeria de Imagens