Anadia/AL

21 de julho de 2024

Anadia/AL, 21 de julho de 2024

Rodrigo Cunha assume liderança do Podemos no Senado

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 26 de fevereiro de 2024

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária semipresencial. 

Na ordem do dia, a PEC 69/2019, que inclui a economia solidária entre os princípios da ordem econômica. Plenário pode votar ainda, projeto que viabiliza a passagem do chamado Linhão de Tucuruí pelas terras indígenas Waimiri Atroari, interligando Roraima ao sistema elétrico nacional (PLP 275/2019).

Em pronunciamento, à bancada, senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL).

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Fonte: Agência Senado

Por:

Rodrigo Cunha ganhou experiência e passou a ocupar mais espaços no Senador Federal a partir de 2023. No ano passado, foi eleito para a segunda vice-presidência da Mesa Diretora da Casa e, a partir do início do ano legislativo de 2024, assumiu a liderança do PV.

O senador por Alagoas foi eleito por unanimidade líder do Podemos no Senado Federal. Ele passa a coordenar uma bancada composta por 7 senadores, representando cerca 8,6% das cadeiras do Senado.

Como líder do Podemos, Cunha se comprometeu a conduzir o partido de forma proativa  no debate legislativo em favor dos interesses da população brasileira. Ele expressou gratidão pelo voto de confiança recebido e destacou sua determinação em representar os eleitores de Alagoas e do Brasil.

Versão oficial

Veja texto da assessoria

Rodrigo Cunha é eleito líder do Podemos no Senado e demonstra prestígio nacional

O senador alagoano Rodrigo Cunha foi eleito, por unanimidade, líder do partido Podemos no Senado Federal. Com a eleição, Cunha demonstra prestígio nacional e assume uma cobiçada posição de liderança na Casa, coordenado os trabalhos de uma bancada composta por 7 senadores, quase 10% das cadeiras do Senado.

“Vamos honrar cada voto de nossos pares e conduzir o Podemos de forma proativa, posicionando o partido como uma das principais forças motrizes do debate legislativo no Congresso Nacional em prol do povo brasileiro. Agradeço a toda a bancada pelo voto de confiança, à presidente Renata Abreu, à Executiva Nacional e, especialmente, a cada alagoano e alagoana que me confiou exercer esta missão no Senado”, disse Cunha.

Bem articulado no Congresso, Rodrigo Cunha já exerce outras posições de destaque em Brasília. O senador é vice-presidente da Mesa Diretora do Senado Federal, substituindo o presidente Rodrigo Pacheco. Cunha também foi destacado para relatar matérias de destaque no país como o Programa Desenrola, a Lei de Combate ao Superendividamento e a lei que garantiu o pagamento dos precatórios do antigo Fundef aos professores.

Cargo de Destaque

Um líder de partido no Senado desempenha um papel crucial na liderança e representação de seu partido dentro da casa legislativa. O líder do partido trabalha para manter a coesão dentro de seu próprio partido, garantindo que os membros estejam alinhados com a posição e os objetivos do partido em questões legislativas e políticas.

A função de liderança também desempenha um papel fundamental na negociação de acordos e compromissos com outros líderes partidários e com o governo, tanto dentro quanto fora de seu próprio partido, para avançar com a legislação e alcançar objetivos políticos. O líder é ainda o parlamentar responsável por defender e promover o partido em debates, comissões e votações.

Cabe também a liderança trabalhar com outros líderes partidários e membros do Senado para estabelecer a agenda legislativa, identificando prioridades e estratégias para alcançar objetivos. O líder do partido no Senado muitas vezes serve como porta-voz da agremiação, comunicando as posições e as razões por trás das ações do partido para a imprensa, o público e outros membros do Senado.

Integram a bancada do Podemos no Senado os senadores Carlos Viana (MG), Marcos do Val (ES), Oriovisto Guimarães (PR), Soraya Thronicke (MS), Styvenson Valentim (RN) e Zequinha Marinho (PA).

*Redação com edivaldojunior/blogsdagazetaweb

Galeria de Imagens