Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

“Se Lula tivesse vivenciado a Segunda Guerra, teria da mesma forma defendido o direito à vida dos judeus”, diz Janja

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 19 de fevereiro de 2024

Janja

Janja (Foto: Claudio Kbene/PR)

A primeira-dama, Rosângela da Silva, a Janja, saiu em defesa do presidente Lula (PT), que desde o domingo (18) tem sido atacado por comparar o genocídio do povo palestino promovido por Israel ao massacre de Hitler contra os judeus. Nesta segunda-feira (19) pelo X, antigo Twitter, Janja afirmou que a crítica feita por Lula não tem como alvo os judeus, e sim o governo de Benjamin Netanyahu.

Segundo ela, Lula teria a mesma postura contra o Holocausto caso tivesse vivenciado a época do nazismo. “Orgulho do meu marido que, desde o início desse conflito na Faixa de Gaza, tem defendido a paz e principalmente o direito à vida de mulheres e crianças, que são maioria das vítimas. Tenho certeza que se o Presidente Lula tivesse vivenciado o período da Segunda Guerra, ele teria da mesma forma defendido o direito à vida dos judeus. A fala se referiu ao governo genocida e não ao povo judeu. Sejamos honestos nas análises”. 

“Perguntei certa vez a uma jornalista por que a imprensa não divulga as imagens do massacre em Gaza, ao que ela me respondeu: ‘porque são muito fortes as imagens das crianças mortas’. Se isso não é esconder o genocídio, eu não sei o que é. É preciso que o mundo se indigne com o assassinato de cada uma dessas crianças e que se una, urgentemente, na construção da paz!”, complementou.

Redação com Brasil 247

Galeria de Imagens