Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Secult promove diálogo com o audiovisual alagoano sobre editais da Lei Paulo Gustavo Alagoas

Reunião virtual reuniu representantes do setor para esclarecer dúvidas e debater estratégias de aplicação dos recursos - 16:04

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 22 de junho de 2024

Alagoas 5

Reunião virtual reuniu representantes do setor para esclarecer dúvidas e debater estratégias de aplicação dos recursos - Rosane Torres / Ascom Secult

João Brito / Ascom Secult

A Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de Alagoas (Secult) realizou, nesta quinta-feira (20), uma reunião virtual com o segmento audiovisual alagoano, focada nos editais da Lei Paulo Gustavo Alagoas. O encontro teve como objetivo principal esclarecer dúvidas e discutir propostas para o uso do rendimento dos recursos disponíveis.

A superintendente de Economia Criativa, Fomento e Incentivo à Cultura da Secult e responsável pelos editais do segmento, Natália Teles, demonstrou satisfeita com a participação dos representantes do segmento na reunião. “Estamos comprometidos em garantir que cada edital represente um avanço significativo para o setor audiovisual alagoano. Cada colocação é de suma importância para a construção e melhor entrega para a sociedade”, disse.

Na ocasião, representantes do Fórum Setorial do Audiovisual Alagoano (FSAL), do Coletivo de Desenvolvimento de Games em Alagoas (Deja) e das Produtoras Alagoanas Associadas (Proa), participaram ativamente, contribuindo com suas visões sobre as prioridades dos editais e esclarecendo questões como calendário, impostos, cotas, distribuição e aplicação dos rendimentos.

“Cada edital desse é uma oportunidade de dar um passo à frente no setor. Se a gente investe em um ambiente de produção melhor, todos ganharemos mais pra frente”, disse Maylson Honorato, participante do setor.

Durante a reunião, ficou definido que a partir desta sexta-feira (21) será aberta uma consulta pública para que qualquer pessoa possa argumentar sobre a proposta de utilização dos recursos. A pesquisa estará disponível no site cuca.al.gov.br até o dia 28 de junho.

“A consulta pública sobre a utilização do rendimento da Lei é uma oportunidade para o segmento audiovisual opinar de forma concreta sobre as propostas apresentadas. Nosso objetivo é construir um processo transparente e participativo”, afirmou a secretária de Estado da Cultura e Economia Criativa, Mellina Freitas.

Após a coleta e análise das respostas, a equipe da Secult se comprometeu a apresentar os resultados em uma próxima reunião com os representantes do setor, visando alinhar as decisões às necessidades e desejos expressos pelo segmento.

A Secult também ressaltou o apoio técnico-jurídico fornecido pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) para garantir a conformidade legal dos editais.

Redação da Agência Alagoas


Galeria de Imagens