Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Suspeito de matar e concretar corpo de PM reformado era amigo do policial, diz PC

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 21 de junho de 2024

uop

Foto: Divulgação/PC-AL

O homem apontado como autor da morte do PM reformado Sérgio Murilo Nobre da Silva, que teve o corpo encontrado concretado em uma cova, em Arapiraca, era amigo e morava próximo ao policial. As informações foram confirmadas ao TNH1 pela Polícia Civil de Alagoas. O corpo do PM, de 61 anos, foi encontrado enterrado no quintal da casa do suspeito, na manhã desta sexta-feira (21).

De acordo com as investigações, a polícia conseguiu elementos e provas contundentes que apontam o amigo do policial como o suposto autor do crime.  O corpo de Sérgio Murilo foi encontrado após o suspeito confessar a autoria do homicídio e apontar onde ele havia enterrado o cadáver.

Ainda segundo as investigações, o suspeito disse aos policiais que a motivação do crime teria sido um desentendimento entre ele e o policial reformado. Durante as buscas na casa do amigo da vítima, ele descreveu o passo a passo de como enterrou e concretou o corpo dela.

A polícia também suspeita que o suposto autor tenha usado uma arma branca para matar a vítima, porém as causas da morte ainda serão divulgadas pela Polícia Científica de Alagoas.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa  de Arapiraca.

Corpo é encontrado e suspeito é preso 

  • A Polícia Civil de Alagoas encontrou o corpo do sargento reformado da Polícia Militar Sérgio Murilo Nobre da Silva, de 61 anos, que estava desaparecido desde fevereiro deste ano, em Arapiraca;
  • De acordo com a polícia, o corpo do policial foi encontrado concretado no quintal da residência do suspeito de cometer o crime, na manhã desta sexta-feira (21). O suposto autor do homicídio foi preso;
  • Sérgio Murilo teria saído de casa no dia 26 de fevereiro e, desde então, não foi mais visto. O corpo dele foi encontrado enterrado em uma cova no quintal da residência do suspeito, que fica localizada no bairro Manoel Teles, em Arapiraca. O homem teria usado cimento para concretar o local e despistar a polícia.

Fonte: TNH1

Galeria de Imagens