Anadia/AL

25 de maio de 2024

Anadia/AL, 25 de maio de 2024

Tradição de Fé: Procissão do Mastro de São Sebastião em Joaquim Gomes marca o início da festa com Co-padroeiro

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 14 de janeiro de 2024

IMG_4173

Fiéis conduziram o mastro até em frente a igreja, onde ele foi fincado. (Foto: jgnoticias)

👁️‍🗨️ Luzamir Carneiro

A história remonta a um período sombrio marcado pela peste bubônica, que assolou a população de Joaquim Gomes. Diante da calamidade, o fundador da cidade fez uma promessa a São Sebastião, padroeiro dos mártires e conhecido por sua intercessão em tempos difíceis. A promessa era clara: se a cidade fosse liberada da doença e a paz retornasse, uma festa seria realizada anualmente em homenagem a São Sebastião. A promessa foi cumprida, e desde então, a festa acontece todos os anos no mês de janeiro.

A abertura da festa é marcado pela Procissão do Mastro, que se inicia em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição. Os devotos se reúnem para caminhar até a fazenda Arizona, situada a 2 km da cidade, onde o mastro de eucalipto é retirado da mata. O trajeto é acompanhado pelo som alegre da banda de pífanos, criando uma atmosfera festiva e religiosa.

Ao chegar à fazenda, os devotos se ajoelham e fazem suas preces em frente ao mastro. Sob os aplausos dos fiéis, a procissão avança em direção à igreja. Em seguida, todos se unem para levantar o mastro, um processo que envolve cuidadosa arrumação, amarração de cordas e a bênção da bandeira de São Sebastião pelo padre dentro da igreja. Com a bandeira benzida, os devotos conduzem-na até o mastro, onde é habilmente pendurada antes de iniciar a ascensão. Chegando ao destino, o mastro é fincado ao lado do pé da manga em frente à igreja. A festa, que começou com a primeira missa, atinge seu ponto alto com a ascensão do mastro, oficialmente abrindo as celebrações que perduram até o domingo, 21 de janeiro.

Jady, uma jovem católica, expressa sua fé e faz um apelo aos jovens para que participem ativamente, garantindo a continuidade dessa tradição que atravessa gerações. Seu Bananeira, um dos responsáveis pela preparação do mastro, reforça seu compromisso com a tradição, prometendo continuar desempenhando seu papel até o fim da vida. A emoção é palpável entre as mulheres que carregam a bandeira, e Rosa, uma devota, compartilha a intensidade desse momento.

A busca pelo mastro, ocorrida em um dia com estradas enlameadas, testemunha a dedicação inabalável dos devotos. A conclusão da subida do mastro é recebida com aplausos e vivas, marcando o início oficial de uma festa que celebra a fé, a devoção e a tradição que fazem de Joaquim Gomes um lugar especial durante as festividades em honra a São Sebastião.

Ao fim da cerimônia, já é tradição que os homens envolvidos na levantada do mastro desfrutem da bebida do vinho. O comerciante Bel do Malaquias, responsável pela organização dessa parte da festividade, destaca a importância dessa tradição familiar que perdura ao longo dos anos. Em uma entrevista, Bel, filho de Seu Malaquias, compartilha a história por trás do vinho, destacando como ele assumiu o papel de seu pai nos últimos anos.


Reprodução – JGNotícias


Reprodução – JGNotícias

Reproduçaõ: JGNotícias


Reprodução – JGNotícias

👁️‍🗨️ Redação com JGNotícias

Galeria de Imagens