Anadia/AL

16 de junho de 2024

Anadia/AL, 16 de junho de 2024

Ufal e governo inauguram Laboratório de Gestão Eletrônica de Documentos

Espaço vai contribuir na formação de profissionais e em projetos de instituições públicas | 10:38 hs

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 7 de maio de 2024

vv1

(Foto: João Monteiro/Ascom Fapeal)

Por: Tárcila Cabral
A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e o governo de Alagoas inauguraram, na última terça-feira (23), o Laboratório de Gestão Eletrônica de Documentos (Laged). O espaço, que contou com investimento de R$ 200 mil da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), foi equipado para beneficiar alunos do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI) e da própria graduação em Biblioteconomia, contribuindo com a formação profissional e com projetos de instituições públicas.

Além do apoio e investimento feitos pela Fapeal, a iniciativa foi uma ação conjunta do órgão com a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para que o laboratório disponibilizasse o que é há de mais moderno em infraestrutura voltada à aprendizagem dos acadêmicos. A diretora do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (Ichca), Sandra Nunes, representando o reitor Josealdo Tonholo, parabenizou a iniciativa ao dizer que terá impacto no estado de uma forma ampla.

“Enquanto diretora do Ichca digo como essa conquista nos envaidece, e eu posso falar também que a patente mais alta está aqui, reunida nesse grupo de professores que realiza um sonho que não é somente da Biblioteconomia, mas é do próprio estado de Alagoas, um estado que carece dessas ações”, salientou Sandra Nunes.

A professora destacou ainda que a entrega do Laged contribui ainda mais para a valorização da graduação e da pós, fazendo com que a formação se transforme. “Esse empreendimento enaltece a pós-graduação sem deixar de perceber que o PPGCI reforça a qualidade dos cursos de graduação, portanto, a formação é outra após isso, o que é um sonho para qualquer curso na Universidade”, completou Sandra Nunes.

Para o diretor-presidente da Fapeal, professor Fábio Guedes, o Laged é um espaço de pesquisa, formação e qualificação de pessoas direcionadas ao mercado de trabalho, que está sendo proporcionado para o beneficiamento da pós-graduação, mas que reflete na profissionalização do curso de Biblioteconomia.

“O Laged vai aprimorar e qualificar essa área tão importante em Alagoas que é o tratamento de documentos, digitalização e também de arquivo e banco de dados, num momento em que o Brasil precisa, e especialmente o nosso estado, de recuperar este contexto, mas para, além disso, guardar a memória dessa documentação que é tão necessária para o futuro”, destacou Fábio Guedes.

A coordenadora do PPGCI, Rosaline Mota, agradeceu ao governo do estado pela valorização e investimentos que vem sendo feitos em Ciência e destacou que o Laged será um espaço de qualificação e muito rico em conhecimento.

“Eu agradeço ao governador Paulo Dantas por essa sensibilidade de entender uma demanda tão grande no nosso estado, que é tratar memórias institucionais, coletivas, individuais e também da nossa Universidade através desses processos de digitalização, registro, preservação digital sistêmica, sem falar nos processos de proteção dos dados. Tudo isso será trabalhado aqui, portanto será um espaço de qualificação e certamente um ambiente muito rico”, frisou a docente.

Cabe reforçar que o Laboratório de Gestão Eletrônica de Documentos está aberto à comunidade e propondo o seu uso para demandas acadêmicas, da Ufal e do estado como um todo. Por exemplo, desde o final do ano passado, a Polícia Militar de Alagoas (PM-AL), também presente no evento, tem articulado esforços para otimizar a gestão do arquivo funcional da instituição. A expectativa é que o novo laboratório fortaleça as ações que serão desenvolvidas por meio de parceria técnica.

*Redação com Notícias. Ufal.br

Galeria de Imagens