Anadia/AL

13 de julho de 2024

Anadia/AL, 13 de julho de 2024

Vice-governador Ronaldo Lessa lança Câmara de Estudos Políticos no próximo dia 25

Evento contará com a presença do ex-ministro Ciro Gomes e será realizado no Centro de Convenções às 9h30 | 16:17

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 11 de julho de 2024

vice-governador-ronaldo-lessa-lanca-camara-de-estudos-politicos-no-proximo-dia-25

Vice-governador Ronaldo Lessa lança Câmara de Estudos Políticos no próximo dia 25 | Pei Fon Pei Fon

Alexandre Câmara / Vice-Governadoria

O vice-governador Ronaldo Lessa lança, no próximo dia 25, a Câmara de Estudos Políticos da Vice-Governadoria, que tem como objetivo a formação política de cidadãos da capital e do interior de Alagoas, por meio de discussões baseadas em pesquisas científicas. O evento será realizado às 9h30, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá, e contará com a presença do ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes.

Ronaldo Lessa destacou a importância da criação da Câmara para trabalhar a capacitação e a inserção do cidadão no mercado produtivo. “Não basta trabalhar na capacitação e inserção do cidadão no mercado produtivo. É necessário também promover a formação política, para que ele desenvolva consciência de classe”, ressaltou o vice-governador.

O resultado dessas pesquisas pode apontar oportunidades para a criação de políticas públicas transformadoras. Em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal), Lessa mobilizou doutores bolsistas, tendo como coordenadora a PhD em Ciência Política, Luciana Santana. Juntos equipe e convidados, eles participam de mesas de discussões, palestras e debates, analisando indicadores e identificando onde ocorre a entropia na comunicação entre a política pública e o entendimento daqueles beneficiados.

A iniciativa visa à formação cidadã e foi projetada pela Secretaria de Gestão Interna da Vice-Governadoria, seguindo as normas do organograma do órgão. “A Câmara surgiu da necessidade de inserir a Vice-Governadoria no processo produtivo do Estado. Não se trata apenas de discutir a política vigente, mas, sim, utilizar a ciência política para entender por que o feedback do trabalho realizado em benefício do cidadão pode não oferecer o retorno correto. Para tanto é preciso despertar nele a consciência crítica”, afirmou o secretário Flávio Uchôa Dória.

Para compreender a importância desse trabalho, é necessário analisar o contexto histórico em que vivemos. A Câmara nasce em um cenário onde as gigantes da tecnologia moldam o pensamento global, controlam o que consumimos e algoritmos direcionam nossas escolhas. O comércio de dados beneficia corporações poderosas, enquanto a extrema-direita se espalha, inclusive em Alagoas, com disparos de fake news feitas por robôs, ampliando o abismo social e ameaçando a democracia.

A Câmara de Estudos Políticos busca analisar nosso tempo, erros e avanços. Por meio de palestras, debates e pesquisas científicas, o projeto visa registrar essas reflexões em livros. Ele envolve a juventude, as academias e o público progressista, buscando melhorar as políticas sociais e levar informações de qualidade às regiões mais remotas de Alagoas.

Redação com Agência Alagoas

Galeria de Imagens