Anadia/AL

25 de maio de 2024

Anadia/AL, 25 de maio de 2024

[Vídeo] Motoristas e pedestres pedem reforço na sinalização em cruzamento no Centro de Arapiraca

ABN - Alagoas Brasil Noticias

Em 7 de fevereiro de 2024

v

Poder no quadrado

Um acidente com morte ocorrido no dia 29 de janeiro de 2023, no cruzamento entre as ruas Manoel Abreu e Governador Luís Cavalcante, Centro de Arapiraca, reacendeu a necessidade, na opinião de pedestres e motoristas que passam pelo local, de um reforço na sinalização.

Um jovem de 18 anos, que conduzia uma motocicleta e seguia na preferencial (Rua Governador Luís Cavalcante), foi atingido por um veículo de passeio que vinha pela Rua Manoel Abreu e avançou o cruzamento, desrespeitando a placa “Pare” de sinalização.

A vítima do acidente foi arremessada da moto e caiu ao chão alguns metros depois. O jovem chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), mas morreu a caminho do Hospital de Emergência do Agreste de Arapiraca (HEA).

A reportagem do 7Segundos foi ao local e conversou com pedestres e motoristas que passam pelo cruzamento. Eles apontaram a necessidade de se instalar uma lombada próxima ao cruzamento ou até um semáforo para evitar que novos acidentes ou atropelamentos no local.

Durante a reportagem, houve o flagrante de alguns condutores que desrespeitam a placa “Pare” e até param em cima da faixa para pedestre, dificultando a travessia.

Os pedestres, são os que mais sentem dificuldade em fazer a travessia pela faixa de pedestres, já um pouco apagada.

Assista logo abaixo à reportagem em vídeo e  na sequência da matéria escrita, o posicionamento da SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito) de Arapiraca sobre o assunto.

Procurada pelo 7Segundos, a SMTT informou que lamenta profundamente a morte do jovem ocorrida no dia 29 de janeiro e ressalta que o trecho em questão está bem sinalizado e que a área possui uma ampla visibilidade sobre quem trafega pela Rua Governador Luís Cavalcante, mas requer atenção por parte de condutores.

A SMTT informou ainda que neste momento, vai reforçar a sinalização de velocidade permitida no local e analisar outras possibilidades para chamar a atenção do condutor nas proximidades do cruzamento.

O órgão também informou que o Parque Ceci Cunha passará por um grande intervenção e que no projeto, está prevista a implantação de uma alça de retorno paralela à Rua Governador Luís Cavalcante. Leia a nota na íntegra:

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito lamenta profundamente a morte do jovem, vítima fatal do acidente ocorrido nesta segunda-feira (29) no cruzamento entre as ruas Manoel Abreu e Governador Luiz Cavalcante.

Sobre o cruzamento e sua sinalização, a SMTT ressalta: o cruzamento em questão possui sinalização horizontal e vertical, como faixa de pedestre e placas “PARE” em cada face da via, reforçando ao condutor que o trecho precisa de atenção; deve-se parar e observar se é possível cruzar a via de maneira segura.

Vale salientar que a área tem ampla visibilidade sobre quem trafega na rua Luiz Cavalcante, pois não há obstáculos e barreiras na calçada que prejudiquem a visão ampla e nítida do cruzamento.

Além disso, o fluxo da Manoel Abreu tem o auxílio dos semáforos existentes no cruzamento das ruas Governador Luiz Cavalcante e Delmiro Gouveia no foco vermelho dos semáforos, garantindo um tempo de segurança para que o condutor possa atravessar a rua Manoel Abreu.

É importante salientar que o respeito às sinalizações e o limite de velocidade das vias são fundamentais para um trânsito seguro e, portanto, preservando vidas.

Reforçamos o compromisso da Superintendência em manter a trafegabilidade, com informações e apoio a pedestres e condutores, sendo necessária a permanente educação de ambos, o que também tem sido foco deste órgão.

o Parque Ceci Cunha 1 passará por uma grande intervenção e está previsto no projeto a implantação de uma alça de retorno paralela a rua Governador Luiz Cavalcante, provocando algumas mudanças no trânsito da área.

Neste momento, iremos reforçar a sinalização de velocidade permitida na via e analisar outras possibilidades de chamar a atenção do condutor nas proximidades do cruzamento.

Nossa preocupação é permanente e constante, como deve ser também para quem trafega, sejam pedestres ou condutores. 

SMTT / Arapiraca

*Redação com Sete Segundos

Galeria de Imagens